[Conhecendo o Acervo] ESG – Environmental, Social and corporate Governance

ESG é um acrônimo para Environmental (Ambiental, E), Social (Social, S) e Governance (Governança, G). No Brasil, também nos referimos a ela como ASG.

Dentre as práticas das empresas ou entidades que adotam o ESG, há a preocupação em reduzir emissões de poluentes, em respeitar direitos humanos e fomentar políticas contra discriminação e corrupção corporativa.

O termo foi cunhado em 2004, em um relatório pelo Pacto Global (ONU) com vistas a engajar empresas e organizações a aderirem a essas pautas.

Paulatinamente, o uso do termo ESG substituiu o de sustentabilidade e traz consigo a ideia de reputação e credibilidade para as empresas, o que inclusive aumenta suas margens de valorização em relação a outras que não incorporam os princípios ESG. As questões de sustentabilidade ambiental e social passaram, inclusive, a ser consideradas essenciais nas análises de riscos e nas decisões de investimentos de bancos, fundos de pensão, gestoras de investimentos e investidores internacionais.

Alguns livros relacionados à ESG em nosso acervo:

O fim da pobreza: como acabar com a miséria mundial nos próximos vinte anos.
Jeffrey D. Sachs

339.46
S121f


Economia circular: conceitos e estratégias para fazer negócios de forma mais inteligente, sustentável e lucrativa.
Catherine Weetman; tradução de Afonso Celso da Cunha Serra

[não circula – estante restrita] 
658.78
W398e


O capitalismo na encruzilhada: as inúmeras oportunidades de negócios na solução dos problemas mais difíceis do mundo
Stuart L. Hart; tradução de Luciana de Oliveira da Rocha

658.408
H326c


MONOGRAFIAS

Além dessas obras, temos monografias a respeito do tema, escritas por estudantes da nossa Faculdade. Elas são acessíveis on-line, a partir do próprio Dedalus: dedalus.usp.br

São elas:

Performance ESG e desempenho econômico: uma análise de correlação para companhias brasileiras listadas na B3 (Yuri Casseb)

Análise da relação entre o Score ESG e o Spread de crédito de debêntures no Brasil (Adinam Júnior)

Desempenho ESG e custos de capital: evidências para o mercado brasileiro (Victor Jasnievski)

Siga nossas redes sociais!

Estamos trabalhando para juntos atendermos às recomendações que visam à redução da transmissão do coronavírus, a minimização dos impactos locais da pandemia e no intuito de continuarmos cumprindo nossa função social.

Dime cómo enseñas y te diré cómo crees que aprende la gente

Esse foi o título dado pelo autor Javier Martínez Aldanondo à sua coluna publicada no periódico Newsletter de janeiro, editado pela empresa Catenária – Gestión de Concocimiento.

A coluna explora o tema ensino e aprendizagem propondo uma visão inovadora sobre como, realmente, aprendem as pessoas, colocando o conhecimento como uma estrutura mental que precisa ser construída no cérebro e que não pode ser transferido de forma direta ou teórica e sim pela prática.

O autor é especialista em Gestão de Conhecimento e desenvolve projetos de aprendizagem empresarial ligados ao melhor desempenho dos negócios.

Leia a coluna completa