Tutoriais: bases de dados e operadores booleanos

O levantamento bibliográfico é essencial no processo de pesquisa, pois é por meio do referencial teórico sobre o tema que o pesquisador inicia e baseia sua investigação para responder o problema de sua pesquisa. Saber onde e como realizar a pesquisa nas bases de dados e utilizar os filtros certos pode fazer a diferença na hora de recuperar registros de maior relevância relacionados ao tema do trabalho.

Para facilitar a pesquisa, propiciar autonomia ao pesquisador e divulgar as principais bases  de acesso livre e também as assinadas pela USP, foi elaborado um tutorial das seguintes bases de dados:

Portal de Busca Integrada (SIBiUSP)

EBSCO – Business Source Complete

Portal de Periódicos Capes/ MEC

Para o download do tutorial “Bases de Dados” clique aqui.

O tutorial também apresenta informações sobre o VPN (Virtual Private Network), as bases de dados da USP (Dedalus, Biblioteca Digital de Teses e Dissertações, Repositório da Produção Intelectual, Repositório da Produção Científica – CRUESP e Portal de Revistas), Revistas A-Z (SIBiUSP), App Bibliotecas USP, renovação e reserva de materiais bibliográficos pelo Dedalus, bases de dados financeiras (Economatica e Capital IQ), Comutação Bibliográfica (Comut) e Empréstimo entre Bibliotecas (EEB). Além de um tutorial com explicações sobre os operadores booleanos.

Para o download do tutorial “Operadores Booleanos” clique aqui.

Como obter o índice h e o levantamento de citações: SciELO

SciELO é uma base de dados de acesso aberto.

O índice h, ou h-index, é uma proposta para quantificar a produtividade e o impacto de pesquisas individuais ou em grupos baseando-se nos artigos (papers) mais citados. Por exemplo, um pesquisador com h=5 tem 5 artigos publicados que receberam 5 ou mais citações.

Passo a passo: SciELO

1) Acesse o endereço: http://www.scielo.br

2) Se a página abrir em outro idioma clique em português (tópico 1) e depois em “pesquisa de artigo” (tópico 2);

3) Faça a pesquisa por autor, adicionando, ao formulário,  as variações do nome se necessário (tópicos 3, 4 e 5);

3) Visualizar a relação dos trabalhos publicados no SciELO. Em cada artigo clicar em “texto em português” para ter acesso ao artigo completo e obter o número de citações por artigo (tópico 6);

4) Clicar na seta “Indicadores” (tópico 7) e depois em “Citado por SciELO” (se não for possível acessar o link é porque  não existem citações para o artigo) (tópico 8);

5) Aparecerá uma lista com a(s) referência(s) dos artigos que citaram o trabalho (tópico 9).

No SciELO não há opção índice h por isso é necessário fazer o levantamento de forma manual. No exemplo dado abaixo (Celso Furtado), o pesquisador possui as seguintes quantidades de trabalhos e citações publicadas no SciELO:

Ano Artigos Citações
2003 1 3
2000 1 1
1992 1 0
1990 1 0

O índice h será igual ou maior ao número em que as linhas se cruzam. Por isso, neste caso o índice h = 1. O pesquisador tem pelo menos um trabalho publicado no SciELO com uma ou mais citações.

Veja também: Como obter o índice h e o levantamento de citações: ISI Web of Knowledge
Veja também: Como obter o índice h e o levantamento de citações: SCOPUS
Veja também: Como obter o levantamento de citações: Google Acadêmico
Veja também: Como obter o índice h: Google Acadêmico

Como obter o índice h e o levantamento de citações: SCOPUS

SCOPUS é uma base de dados disponível via VPN ou nos computadores da USP.

O índice h, ou h-index, é uma proposta para quantificar a produtividade e o impacto de pesquisas individuais ou em grupos baseando-se nos artigos (papers) mais citados. Por exemplo, um pesquisador com h=5 tem 5 artigos publicados que receberam 5 ou mais citações.

Passo a passo: SCOPUS

1) Entrar na base SCOPUS e selecionar “Author search” (tópico 1);

2) No campo “Author” em “Last Name” inserir o sobrenome desejado (tópico 2) e em “Initials or First Name” colocar o primeiro nome ou as iniciais dos nomes (tópico 3) e clicar em “Search” (tópico 4);

3) Será apresentada uma lista de nomes, escolha o desejado e clique em cima do nome (tópico 5). É possível que haja mais de uma ocorrência do mesmo nome, neste caso escolher a opção que inclua o maior nº de documentos. Caso aparecer outros nomes semelhantes não relacionados à busca é possível refinar os resultados (tópico 6) e definir formas de classificação da ordem de apresentação das informações (tópico 7);

4) Uma página com as opções “Documents” (tópico 8), “Citations” (tópico 9) e “h index” (tópico 10) será aberta com informações sobre o número total de documentos publicados, número total de citações e o índice h. Para informações mais detalhadas é só clicar nos números e nos links existentes posterior aos números;

5) Ao clicar em “Author Evaluation” (tópico8) verifica-se os documentos do pesquisador de acordo com a fonte, tipo de documento, ano, área de assunto e co-autores; um gráfico do índice h relacionado a lista de documentos e o número total de citações por ano.

Veja também: Como obter o índice h e o levantamento de citações: ISI Web of Knowledge
Veja também: Como obter o índice h e o levantamento de citações: SciELO
Veja também: Como obter o levantamento de citações: Google Acadêmico
Veja também: Como obter o índice h: Google Acadêmico

Como obter o índice h e o levantamento de citações: ISI Web of Knowledge

A partir desta semana divulgaremos uma série de tutoriais com procedimentos de busca de citações nas bases de dados ISI Web of Knowledge, SCOPUS, SciELO e no Google Acadêmico.

O índice h, ou h-index, é uma proposta para quantificar a produtividade e o impacto de pesquisas individuais ou em grupos baseando-se nos artigos (papers) mais citados. Por exemplo, um pesquisador com h=5 tem 5 artigos publicados que receberam 5 ou mais citações.

Passo a passo: ISI Web of Knowledge

(base de dados disponível via VPN ou nos computadores da USP)

1) Digitar: www.isiknowledge.com (é necessário digitar o endereço);

2) Clicar em “Web of Science” (tópico 1), digitar o nome do pesquisador (sobrenome completo e as iniciais dos nomes acompanhada por asterisco como mostra o tópico 2) e clicar em “Search” (tópico 3);

3) Uma página com uma lista dos dados sobre o pesquisador selecionado será apresentada. Em cada referência é possível verificar a autoria (tópico 4) e o número de citações (tópico 5). Nessa tela também é possível filtrar (por categorias, áreas de assunto, tipos de documentos, etc.) e classificar (data de publicação, quantidade de vezes em que o pesquisador foi citado, etc.) os resultados da busca (tópicos 6 e 7 respectivamente);

4) Para obter o relatório completo de citações selecione a opção “Create Citation Report” (tópico 8). Ele apresentará gráficos e dados estatísticos relacionados às citações.

5) No relatório de citações é possível visualizar os itens publicados e o número de vezes que o pesquisador foi citado por ano e no total, obter a média de citações por ano, o índice h, etc.

 

Veja também: Como obter o índice h e o levantamento de citações: SCOPUS
Veja também: Como obter o índice h e o levantamento de citações: SciELO
Veja também: Como obter o levantamento de citações: Google Acadêmico
Veja também: Como obter o índice h: Google Acadêmico

Global Outlook 2011 – O que está por vir para a economia global?

A Economist Intelligence Unit – EIU, o mais avançado recurso de análises e pesquisas em ciências econômicas, está oferecendo gratuitamente a todos os docentes, estudantes e profissionais interessados um convite para participar de um webinar (webconferência) que discutirá as previsões econômicas mundiais da EIU, a ser apresentado pelo economista Robert Wood, membro sênior de sua equipe de analistas.

Maiores informações: site.

Acesso às bases de dados e revistas eletrônicas assinadas pelo SIBiUSP via VPN (Virtual Private Network)

Para  acesso remoto às revistas eletrônicas e às bases de dados assinadas pelo Sistema Integrado de Bibliotecas da Universidade de São Paulo (SIBiUSP), por meio de seus equipamentos pessoais, instale o Virtual Private Network (VPN).  Para acessar o VPN siga os seguintes procedimentos:

Utilize como login seu nº USP e, em password, a senha única de acesso aos sistemas (JúpiterWeb, Janus, MarteWeb etc.) do site: https://uspdigital.usp.br/wsusuario/.

É necessário instalar o configurador do VPN USPNet em seu(s) equipamento(s) – computador, tablet, smartphone etc. Para isso, acesse o FAQ do CeTI: https://goo.gl/V74F11 e escolha a opção de instalação de acordo com o seu sistema (Windows, Mac OS, Linux, Android etc.).

Dúvidas na instalação do VPN? Entre em contato com o CeTI: 3091-6400 ou escreva para o Fale Canosco: http://www.sti.usp.br/contato/fale-conosco/

Serviço oferecido somente para usuários com nº USP ativo.

Bases de Dados assinadas pelo SIBiUSP mais consultadas na FEAUSP disponíveis via VPN:

Academic Search Premier – EBSCO

Business Source Complete – EBSCO

JSTOR – Business and Economics

Lexis Nexis Academic

MUSE

Science Direct

Scopus

The New Palgrave Dictionary of Economic 

Web of Science

Base de Dado disponivel somente nos equipamentos da Biblioteca FEAUSP:

ECONOMATICA  

Ferramenta para análise de investimentos em ações e avaliações de empresas brasileiras listadas em Bolsa e informações sobre empresas dos EUA e da América Latina.

Catálogos disponíveis no Portal SIBiUSP:

DEDALUS – Banco de Dados Bibliográfico da USP

Catálogo online que reúne o acervo das bibliotecas do SIBiUSP. Alguns registros do Banco DEDALUS já apontam para revistas eletrônicas com possibilidade de acesso ao texto completo dos artigos.

Portal de Busca Integrada

É um sistema de busca que reúne em uma única interface as informações bibliográficas, eletrônicas e digitais disponíveis no SIBiUSP.

Veja também no Portal SIBiUSP:

  • Acesso às bases de dados internacionais;
  • Acesso a todas as bases de dados da USP;
  • Acesso às revistas eletrônicas assinadas pela USP;
  • Vocabulário controlado;
  • Fontes de informações – tutoriais;
  • Notícias.