Lançamento do livro: “Gestão industrial e a produção sustentável” de Lilian Aligleri, Luiz Antonio Aligleri e Isak Kruglianskas

img-20161206-wa00041
A Biblioteca da FEA foi o local escolhido  para o lançamento do livro do Professor Isak Kruglianskas, ontem, às 17h30min,  durante o  XVIII ENGEMA – Encontro Internacional sobre Gestão Empresarial e Meio Ambiente, evento que terminará nesta terça-feira.

img-20161206-wa00031

O livro, que tem a coautoria dos Professores  Lilian Mara Aligleri e Luiz Antonio Aligleri da  Universidade Estadual de Londrina – UEL,  trata da gestão da produção em ambiente de manufatura sustentável e mostra como as questões socioambientais estão intrinsecamente relacionadas às decisões estratégicas, processos e operações-chave. Assim, a proposta é examinar as atividades e fases do sistema produtivo para identificar as inter-relações e integrações entre sustentabilidade e produção, em consonância com a economia verde.

capturar

A obra estará disponível no acervo assim que terminar o trabalho de catalogação da Seção de Processamento Técnico.

 

 

Lançamento do Livro “A desgovernança mundial da sustentabilidade” – Profº Drº José Eli da Veiga

capa livro ze eliA legitimação da sustentabilidade como um novo valor é um processo que está, em muitos aspectos, apenas engatinhando – no entanto, ele já possui uma história de mais de quatro décadas. Traçar um roteiro preciso dessa história, indicando seus avanços e recuos, bem como as armadilhas que têm impedido a construção de uma governança global do desenvolvimento sustentável, é uma das tarefas a que se propõe este livro.
Em A desgovernança mundial da sustentabilidade, José Eli da Veiga, professor titular aposentado da FEAUSP e autor de diversos livros sobre o tema, ilumina o complexo tabuleiro da política internacional no tocante à temerária atitude global em relação às bases naturais das quais depende o seu desenvolvimento. Mobilizando um vasto número de dados e informações, o autor cruza diversas fronteiras disciplinares, detendo-se no exame das Relações Internacionais e na análise de suas principais correntes teóricas.
Sem se deixar levar por extremos, esta obra denuncia os obstáculos na busca de processos que articulem em escala planetária prosperidade e conservação ecossistêmica, mas não se alinha com o discurso dos apocalípticos, arautos das catástrofes. O resultado é um livro lúcido, instigante e informativo, que se dirige tanto ao leigo como ao leitor iniciado na matéria.

CONVITE PARA O LANÇAMENTO:

texto