Revista Contabilidade e Finanças: Edição 87 no ar!

Revista Contabilidade & Finanças chega à Edição 87, referente ao período de setembro a dezembro de 2021. Destacamos na sua composição o Editorial, um ensaio e onze artigos teórico-empíricos dentro das diferentes linhas de pesquisa que compõem o escopo da Revista.

Clique aqui para ver o sumário.

Nicholas McGuigan escreveu o Editorial sob o título Formação contábil à prova de futuro: um educar para a complexidade, ambiguidade e incerteza. O professor da Monash University, na Austrália, trouxe reflexões sobre o ensino de contabilidade a partir da teoria construtivista, propondo questionamentos para o futuro da educação na área.

Clique aqui para ler o editorial.

Tratamento contábil das operações em conjunto no Brasil à luz das normas contábeis vigentes é o ensaio desenvolvido por Raquel Wille Sarquis e Ariovaldo dos Santos. Os pesquisadores analisaram o tratamento contábil utilizado pelas empresas no Brasil que possuam investimentos em operações em conjunto, à luz das normas brasileiras e internacionais de contabilidade, identificando que as demonstrações contábeis das empresas no Brasil com operações em conjunto, constituídas por meio de entidade veículo, não estão em conformidade com as normas internacionais.

Clique aqui para ler o ensaio.

Caroline da Silva, Crisiane Teixeira da Silva, Daniel Magalhães Mucci e Franciele Beck são os autores do artigo intitulado Explorando interdependência entre gainsharing e avaliação de desempenho em uma cooperativa de crédito. Na discussão deste artigo, os autores investigaram a interdependência entre o gainsharing e a avaliação de desempenho (objetiva e subjetiva) em uma cooperativa de crédito. A pesquisa promove insights sobre o funcionamento das práticas de controle gerencial, bem como sobre a avaliação objetiva e subjetiva de desempenho.

Clique aqui para ler o artigo.

Impacto da troca de auditoria na comparabilidade dos relatórios financeiros é o título do artigo de autoria de Allison Manoel de Sousa, Alex Mussoi Ribeiro e Ernesto Fernando Rodrigues Vicente. Os autores analisaram o efeito do rodízio e tenure das firmas e sócios de auditoria na comparabilidade e consistência dos relatórios financeiros. A amostra contou com 50 companhias que foram analisadas em períodos anuais entre 2012 e 2018, e os resultados indicaram que a troca (obrigatória e voluntária) da firma de auditoria e do sócio de auditoria não prejudicam a comparabilidade e a consistência dos relatórios financeiros.

Clique aqui para ler o artigo.

Anne Carolina dos Santos, Kelli Juliane Favato e Marguit Neumann desenvolveram a pesquisa do artigo Relato integrado e gestão de stakeholders: agenda de pesquisas. Os autores discutiram o relato integrado, tendo sido mapeados 11 fatores, construídas 10 proposições qualitativas e 35 insights para estudos futuros. Os resultados indicam que a gestão de stakeholders pode ter alcançado seu potencial de forma cerimonial, mas carece de definições.

Clique aqui para ler o artigo.

O relatório de auditoria está mais legível? Esse é o tema tratado por Vagner Antônio Marques, Lanna Pereira Nogueira, Idamo Favalessa de Aquino e Viviane da Costa Freitag por meio do artigo denominado Ele ficou mais legível? Evidências empíricas dos principais assuntos no relatório de auditoria independente, cuja amostra é composta por 240 empresas listadas na B3 S.A. – Brasil, Bolsa, Balcão (B3), no período de 2013 a 2018.

Clique aqui para ler o artigo.

Presença estatal no mercado de crédito: bancos públicos e crédito direcionado na crise de 2008 é o título do artigo em que os autores documentaram a relação entre os dois mecanismos de atuação estatal (direcionamento do crédito e controle societário de bancos) e a concessão de crédito bancário no Brasil durante a crise financeira global de 2008. Os autores do artigo, Lucas A. B. de C. Barros, Catarina Karen dos Santos Silva e Raquel de Freitas Oliveira, utilizaram uma amostra composta por dados do período de 2005 a 2012 de instituições financeiras que captam depósitos do público.

Clique aqui para ler o artigo.

No artigo intitulado Quais os fatores determinantes nas decisões de estrutura de capital das pequenas e médias empresas em Cabinda, Angola?, João Lussuamo e Zélia Serrasqueiro analisaram os fatores determinantes que explicam as decisões da estrutura de capital das pequenas e médias empresas (PMEs) na província de Cabinda, Angola. Os resultados evidenciaram que a tangibilidade, a idade, a liquidez e os benefícios fiscais extradívidas são fatores determinantes nas decisões da estrutura de capital das PMEs nessa província.

Clique aqui para ler o artigo.

Gabriel Augusto de Carvalho, Hudson Fernandes Amaral, Juliano Lima Pinheiro e Laíse Ferraz Correia são os autores do artigo intitulado Precificação de anomalias através de modelos fatoriais: um teste em mercados da América Latina. Os pesquisadores tiveram como desafio testar o modelo de cinco fatores nos mercados emergentes da América Latina. A principal contribuição deste artigo reside no melhor conhecimento sobre os fatores relevantes para a precificação de ativos em mercados emergentes.

Clique aqui para ler o artigo.

Com o objetivo de testar empiricamente as decisões de estrutura de capital em empresas familiares portuguesas sob a teoria do trade-off (trade-off theory – TOT) e a teoria do pecking order (pecking order theory – POT), Luciana J. Pestana, Luís Pereira Gomes e Cristina Lopes desenvolveram a pesquisa intitulada Testando a estrutura de capital de empresas familiares portuguesas. Os autores analisaram dados de 4.952 empresas familiares portuguesas no período de 2009 a 2016.

Clique aqui para ler o artigo.

Sentimento do investidor, incerteza econômica e política monetária no Brasil é o título do artigo em que os autores analisaram como a incerteza econômica e a política monetária afetam o sentimento do investidor no Brasil. Os autores do artigo, Paulo Fernando Marschner e Paulo Sergio Ceretta, usaram dados mensais de quatro mecanismos de transmissão da incerteza econômica e da política monetária (taxa de juros, taxa de câmbio, taxa de inflação e índice de incerteza econômica) e do índice de confiança do consumidor como proxy para o sentimento do investidor (no período de janeiro de 2006 a março de 2020).

Clique aqui para ler o artigo.

O artigo denominado Desonestidade acadêmica nos programas de pós-graduação stricto sensu em ciências contábeis foi escrito por Regina Cardoso Fróes e Denise Mendes da Silva. As autoras analisaram a desonestidade acadêmica na perspectiva de discentes, docentes e instituições de ensino, considerando situações hipotéticas classificadas em cinco categorias de desonestidade: fraude/cola, auxílio a outros estudantes, plágio, fabricação de informações, autoplágio/similaridades.

Clique aqui para ler o artigo.

Igor Ferreira do Nascimento e Pedro H. M. Albuquerque são os autores do artigo intitulado Alíquota justa e de equilíbrio para benefícios não programados em planos de contribuição definida. Os pesquisadores tiveram como desafio propor uma metodologia que, utilizando múltiplos decrementos, além de desagregada por perfil atuarial e fonte de custo previdenciário, calcula alíquotas atuarialmente justas e de equilíbrio para benefícios não programados de custeio coletivo oriundos de planos de previdência da modalidade Contribuição Definida (CD).

Clique aqui para ler o artigo.

Votos de uma leitura produtiva e inspiradora.

Fábio Frezatti

Editor-Chefe

Revista Contabilidade & Finanças

Webinar PressReader: Jornais e Revistas Online

PressReader é uma base que oferece acesso digital a mais de 6000 títulos de jornais e revistas do mundo todo. Trata-se de conteúdo de imprensa. Participe deste Webinar e saiba mais sobre a PressReader.

Webinar Conheça a PressReader – Jornais e Revistas Online
Data: 22 de setembro de 2020
Horário: 10h – 11h
Inscrições: https://doity.com.br/pressreader-22set2020

A PressReader acaba de ser disponibilizada a todos na USP. São mais de 7.400 publicações entre jornais e revistas em formato digital de 60 países. The Washington Post, Los Angeles Times, Forbes, News Week, PC World, Popular Science, Folha de São Paulo, O Estado de São Paulo, Revista Isto É são algumas das publicações que estão acessíveis. Escolha os assuntos de sua preferência: alimentos e gastronomia, arte, ciência, computação, entretenimento, esportes, história, medicina, saúde, TV, etc.

Participe conosco desta reunião online gratuita e aberta. Registre-se para participar. Na véspera do evento, enviaremos por e-mail um lembrete e o link para o Webinar. O Certificado será fornecido àqueles que tiverem efetivamente participado.

Organização: Agência USP de Gestão da Informação Acadêmica (AGUIA) em parceria com a PressReader.

PressReader: agora disponível na USP

Agora você não tem mais desculpas para não se atualizar!
A PressReader acaba de ser disponibilizada a todos na USP. São mais de 7.400 publicações entre jornais e revistas em formato digital de 60 países. The Washington Post, Los Angeles Times, Forbes, News Week, PC World, Popular Science, Folha de São Paulo, O Estado de São Paulo, Revista Isto É são algumas das publicações que estão acessíveis. Escolha os assuntos de sua preferência: alimentos e gastronomia, arte, ciência, computação, entretenimento, esportes, história, medicina, saúde, TV, etc.

Consulte o catálogo e customize seu perfil de leitor: https://www.pressreader.com

A PressReader é uma empresa de distribuição e tecnologia de jornais digitais com sede em Vancouver, Canadá e escritórios em Dublin, Irlanda e Manila, Filipinas fundada em 1999.

É NECESSÁRIO ESTAR CONECTADO VIA VPN.
Para saber mais sobre esta forma de acesso remoto, visite https://bibliotecafea.com/2011/03/25/vpn/.

Fontes e recursos para auxílio dos pesquisadores da FEAUSP nas publicações de artigos em periódicos internacionais

Mais uma vez, a Comissão de Pesquisa e a Biblioteca da FEAUSP, em parceria com o Sistema Integrado de Bibliotecas – SIBi (responsável pelo workshop), estão organizando, nos dias 15 e 16/10/13, o “Workshop de Capacitação para Pesquisadores da USP em Publicação Científica – Ciências Humanas e Sociais“. O Evento ocorrerá no auditório FEA 5 das 8h30 as 18h00. As inscrições se encerraram no dia 09/10/13.

Como o objetivo do Workshop é auxiliar/capacitar os participantes no processo de escrita de um artigo científico em língua inglesa, a Biblioteca FEAUSP reuniu fontes e elaborou alguns recursos que irão ajudar seus usuários nesse processo:

  • Lista dos periódicos do Sistema WebQualis das áreas de Economia, Administração e Contabilidade de acordo com o estrato:

WebQualis – áreas: Economia; Administração e Contabilidade

A lista apresenta ainda o fator de impacto do índice SCImago, ou de acordo com a indicação do próprio periódico, e o link para acesso as instruções de publicação para os autores.

Índices como o SCImago (SJR), da base de dados Scopus da Elsevier e o Journal Citation Report (JCR), da base de dados Web of Science da Thomson Reuters, apresentam indicadores de impacto e produtividade dos periódicos por meio de estatísticas baseadas em dados de citação.

O Fator de Impacto (FI) é uma medida que reflete o número médio de citações de artigos científicos publicados em determinado periódico. É um dos indicadores mais utilizados e aceitos na área acadêmica, por isso, é importante consultar os índices disponíveis na escolha do periódico para a publicação de um artigo. Quanto maior o fator de impacto do periódico, maior a probabilidade de um artigo ser acessado e citado, consequentemente, isso aumentará o índice de citação do autor(es).

Scimago

Journal Search – pesquise pelo título, ISSN ou editor do periódico.

Journal Rankings – pesquise pela área, categoria, país, ano do periódico etc.

É possível também pesquisar por país de publicação no Country Rankings e no Country Search.

JCR

JCR Search – pesquise pela edição, ano, assunto, editor, país ou título do periódico.

Lista dos periódicos indexados no ano de 2012 – Journals in the 2013 release of JCR: Thomson Reuters 2012 Citation Data

  • Apresentação com a síntese das principais normas do “Manual de publicação APA – 6ª edição”:

O manual da American Psychological Association (APA) é o mais adotado pelos periódicos internacionais. Por isso, é importante conhecer suas normas.

VERSÃO DESATUALIZADA DA APA, ACESSAR VERSÃO REVISADA E ATUALIZADA COM CORREÇÕES NO LINK – https://bibliotecafea.com/2015/05/29/normas-apa-6a-edicao-e-abnt-nbr-147242011/

Download da apresentação – APA – 6ª edição

A Biblioteca FEA possui o Manual APA em português e inglês para consulta local, não é possível fazer o empréstimo das obras.

É importante frisar que grande parte dos periódicos internacionais adotam a APA, mas com adaptações. Sempre deve ser consultado o editorial do periódico.

  • ResearcherID e Minhas Citações do Google Acadêmico

ResearcherID é uma ferramenta criada pela Thomson Reuters para solucionar o problema da ambiguidade do nome do autor dentro da área acadêmica, além disso propicia visibilidade internacional ao pesquisador e seus trabalhos e identifica pesquisadores que possuem linhas de pesquisa similares.

Minhas Citações do Google Acadêmico permite a criação de um perfil público (para que ele seja exibido nos resultados do Google Acadêmico) e oferece aos autores uma forma simples de acompanhar as citações de seus artigos.

Link para acesso aos tutoriais no Blog – Como melhorar a visibilidade da produção acadêmica: tutorial ResearcherID e Minhas Citações do Google Acadêmico

  • Índice H

O índice h, ou h-index, é uma proposta para quantificar a produtividade e o impacto de pesquisas individuais ou em grupos baseando-se nos artigos mais citados. Por exemplo, um pesquisador com h=5 tem 5 artigos publicados que receberam 5 ou mais citações.

Links para acesso aos tutoriais com procedimentos de busca de citações nas bases de dados: ISI Web of KnowledgeSCOPUSSciELO e no Google Acadêmico.

  • Serviços oferecidos pela Biblioteca:

Além desses produtos, a Biblioteca oferece os serviços de comutação bibliográfica, pesquisa de artigos sobre determinado tema, auxílio no levantamento de periódicos para publicação das áreas da FEA e esclarecimentos de dúvidas e orientação com relação à norma APA.

O Serviço de Comutação Bibliográfica viabiliza a obtenção de cópias de artigos de periódicos, teses, anais de eventos etc, disponíveis nas principais bibliotecas brasileiras e em serviços de informações internacionais. É gratuito para materiais de até 20 páginas. Ultrapassando essa quantidade o serviço será cobrado.

Informações e solicitações: comutfea@usp.br. Fone: (11) 309-5692. Responsáveis: Luciene e Valéria.

Conte com o apoio da equipe da Seção de Atendimento da Biblioteca!