Lançamento do livro: “Gestão industrial e a produção sustentável” de Lilian Aligleri, Luiz Antonio Aligleri e Isak Kruglianskas

img-20161206-wa00041
A Biblioteca da FEA foi o local escolhido  para o lançamento do livro do Professor Isak Kruglianskas, ontem, às 17h30min,  durante o  XVIII ENGEMA – Encontro Internacional sobre Gestão Empresarial e Meio Ambiente, evento que terminará nesta terça-feira.

img-20161206-wa00031

O livro, que tem a coautoria dos Professores  Lilian Mara Aligleri e Luiz Antonio Aligleri da  Universidade Estadual de Londrina – UEL,  trata da gestão da produção em ambiente de manufatura sustentável e mostra como as questões socioambientais estão intrinsecamente relacionadas às decisões estratégicas, processos e operações-chave. Assim, a proposta é examinar as atividades e fases do sistema produtivo para identificar as inter-relações e integrações entre sustentabilidade e produção, em consonância com a economia verde.

capturar

A obra estará disponível no acervo assim que terminar o trabalho de catalogação da Seção de Processamento Técnico.

 

 

Conservação e preservação do acervo – uma preocupação constante

As políticas de preservação e conservação de acervo são importantes  para manutenção de uma Biblioteca ativa e completa. O acervo físico está sujeito, diariamente, a agressões de agentes que podem danificá-lo. Desde a manipulação dos itens até sua exposição ao calor, à umidade ou a luminosidade excessivas, tudo pode contribuir para a deterioração do material e, consequentemente, sua retirada da coleção para restauro ou até o seu descarte. São muitas as técnicas empregadas para a restauração dos livros condenados por desgaste, porém todas custam caro e apesar da destinação de verbas anuais para essa finalidade, os recursos disponíveis não são capazes de cobrir toda a necessidade de restauração de um acervo do porte da Biblioteca FEA. Além disso, um livro enviado para encadernação externa pode demorar meses para retornar à estante, provocando uma indisponibilidade indesejada no acervo.

Oficina de Encadernação e Pequenos Reparos
Oficina de Encadernação e Pequenos Reparos

Entendendo que é melhor preservar do que recuperar, a Biblioteca FEA vem investindo em uma política de preservação e conservação que prolongue a vida útil de cada item. Esse projeto começou com a implantação da “Oficina de Encadernação e Pequenos Reparos” que conta com a funcionária Márcia Gomes Novo de Martin, especialmente treinada em vários cursos de encadernação e restauro de papel, incumbida de realizar a colagem de capas e lombadas, costuras, reposição de páginas etc, respeitando as técnicas específicas para cada caso, antes que os prejuízos impliquem na necessidade de uma maior intervenção. Em apenas alguns meses de funcionamento já é possível constatar a diferença que o trabalho desenvolvido trouxe para a nossa realidade, um socorro eficiente que devolve o livro para a circulação em menos tempo e com menor custo. A poeira, outro inimigo natural dos livros, também é uma preocupação. Para realizar a higienização do acervo contamos com o trabalho temporário da Luana Silva Rosa que, periodicamente, retira os livros das estantes, limpando item por item, diminuindo a possibilidade de infestação de insetos e  fungos.

O bom estado do acervo depende da ação conjunta de todos, alguns cuidados básicos contribuirão para prolongar sua vida útil, preservando assim, não só a informação, mas, sobretudo, a estrutura física das obras: – Tenha as mãos limpas ao manusear os livros, resíduos danificam o papel; – Mantenha alimentos e bebidas longe dos livros; – Não faça anotações, não grife e nem apoie os braços nos livros; – Não utilize clips como marcador de página; – Não cole fitas adesivas, nem coloque elástico para segurar páginas soltas.

Conheça nosso acervo – O mundo rural no Brasil do século 21

338.10981 M965
338.10981 M965

Foi incorporado, recentemente, ao acervo da Biblioteca FEAUSP, o livro “O mundo rural no Brasil do século 21”. Em suas 1.182 páginas, a obra, publicada pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), reúne trabalhos de autoria de 51 cientistas sociais, dentre eles, o Professor do Departamento de Administração,  Decio Zylbersztajn que apresenta seu trabalho intitulado “Coordenação e governança de sistemas agroindustriais”. Para baixar a publicação na íntegra, acesse o site:

https://www.embrapa.br/busca-de-publicacoes/-/publicacao/994073/o-mundo-rural-no-brasil-do-seculo-21-a-formacao-de-um-novo-padrao-agrario-e-agricola

 

 

Conheça nosso acervo – livros de sustentabilidade da Biblioteca FEA

O acervo da Biblioteca FEA é especializado nas áreas de economia, administração, contabilidade, atuária e afins, porém, possui também alguns conteúdos de interesse geral e uma reunião considerável na área de sustentabilidade.

A principal abordagem desses livros se refere à área de gestão ambiental e sustentável.

Abaixo, segue uma pequena amostra dos títulos que estão disponíveis no nosso acervo sobre esta temática.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Lançamento do Livro “A desgovernança mundial da sustentabilidade” – Profº Drº José Eli da Veiga

capa livro ze eliA legitimação da sustentabilidade como um novo valor é um processo que está, em muitos aspectos, apenas engatinhando – no entanto, ele já possui uma história de mais de quatro décadas. Traçar um roteiro preciso dessa história, indicando seus avanços e recuos, bem como as armadilhas que têm impedido a construção de uma governança global do desenvolvimento sustentável, é uma das tarefas a que se propõe este livro.
Em A desgovernança mundial da sustentabilidade, José Eli da Veiga, professor titular aposentado da FEAUSP e autor de diversos livros sobre o tema, ilumina o complexo tabuleiro da política internacional no tocante à temerária atitude global em relação às bases naturais das quais depende o seu desenvolvimento. Mobilizando um vasto número de dados e informações, o autor cruza diversas fronteiras disciplinares, detendo-se no exame das Relações Internacionais e na análise de suas principais correntes teóricas.
Sem se deixar levar por extremos, esta obra denuncia os obstáculos na busca de processos que articulem em escala planetária prosperidade e conservação ecossistêmica, mas não se alinha com o discurso dos apocalípticos, arautos das catástrofes. O resultado é um livro lúcido, instigante e informativo, que se dirige tanto ao leigo como ao leitor iniciado na matéria.

CONVITE PARA O LANÇAMENTO:

texto